Roteiro Europa

NÃO SE STRESSE; MONTO SEU ROTEIRO PARA EUROPA E FAÇO ORÇAMENTOS POR R$:150,00 ESCREVA ME: jonasschwertner@hotmail.com

quarta-feira, 4 de março de 2015

Viagem ao Camboja - Relato e dicas de Angkor Wat

Viagem ao Camboja  - Relato e dicas de Angkor Wat



Angkor no Camboja era um lugares que eu achava que eram misteriosos e sempre quis conhecer. Sempre tive uma lista e cada ano que passa eu visito alguns lugares e coloco muitos novos nestas listas. Mas comecei a ler mais sobre a historia do país e pesquisar mais e ele tem muito mais lugares para visitar que Angkor.  Eu como tive tempo restrito pude passar apenas 4 dias (3 noites) la. Mas foi o suficiente e ideal para conhecer Angkor.



Quando melhor época para ir ao Camboja?



O Camboja é país aonde temos que prestar muito atenção no período de chuvas. O mesmo vai de Abril a Novembro. Ou seja se você quer ir e ter viagem mais tranquila viaje de Dezembro a Março. E acreditem as chuvas são fortes e podem atrapalhar e muito. 



Vistos


Para entrar no Camboja praticamente todas as nações tem que ter vistos. O visto você pode tirar na Hora que chega no Aeroporto. E é possível em algumas fronteiras terrestres também mas com restrições. Precisa de foto 5x6 e a taxa que paguei foi de U$:30,00  


Dinheiro


A moeda do Camboja é o Riel mas em Siem Reap tudo é dolarizado. Você paga tudo em Dolares e os valores estão da mesma forma. Principal motivo são os mais de 3.000.000 de turistas que frequentam a cidade todos os anos. Eu consegui apenas uma nota de troco que trouxe de recordação. Em outras cidades já não é mesma situação mas o dólar é predominante.


Transporte entre Cidades


As estradas que eu andei não eram nada boas. Mas se formos ver as que não tem pedágio no Brasil não muda muito. Tem varias rotas de ônibus que ligam as cidades e outros países. Vi propagandas com ônibus estilo leito com wifi ate. São rotas pouco demoradas mas custo não é alto se comparado com voos que foi a opção que eu fiz.

Angkor Wat


O completo de ruinas de Angkor Wat é impressionante e muito espalhado. Eu comprei ingresso para 3 dias U$:40,00 mas tem a opção de até 7. Como fomos com um mini grupo contratamos um guia que fala Português local. O Único do Camboja. (Alex). Valeu muito a pena pois ele cuidou de toda a parte de logística o que nos deu rendimento de tempo e ampliou muito conhecimentos. Pois como são muitas ruinas usar apenas livros para entender o que estamos vendo fica muito vago. A visão que eu tinha das ruinas antes e agora mudou muito graças a todas as informações que tive.  O lugar impressionou e superou o que eu esperava. Mas o que chamou a minha atenção também foi a grande quantidade de turistas que circulam la. Inclusive para ver o Sol nascer estava lotado.



Outros lugares para visitar



Camboja tem muitos outros lugares para se visitar. Mas vai com seu tempo. A Capital Phnom Penh possui ótimos museus e a historia sobre “Holocausto Cambojano” estão lá. E tem as já muito conhecida ilha de koh Rong que já possui diversos voos que ligam tanto Siem Reap e outras cidades com voos para Sihanoukville que é porta de entrada da ilha.  Esta ilha já bem conhecida pelos Asiaticos e Europeus mas aqui Brasil ainda pouco conhecida. Fora isto tem outros templos ao norte.  



Segurança e Pessoas



Em Siem Reap a segurança é tranquila. Claro que tem que ficar sempre de olho aberto. Mas pelo relato que eu tive de outros viajantes e de próprios locais outras partes do Camboja não é assim. Principalmente na Capital que o índice de violência é grande.



Este é um resumo sobre a minhas impressões sobre o Vietnã. Se tiverem duvidas me escrevam. jonasschwertner@hotmail.com

Jonas Schwertner




Nenhum comentário:

Postar um comentário