Roteiro Europa

NÃO SE STRESSE; MONTO SEU ROTEIRO PARA EUROPA E FAÇO ORÇAMENTOS POR R$:150,00 ESCREVA ME: jonasschwertner@hotmail.com

sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Dicas de Riga - Letônia

 Dicas e Lugares Visitar em Riga - Letônia



                Eu pude visitar a maior cidade dos Bálcãs (Riga) em agosto 2013.   E ela é sem duvida a mais importante dos 3 países.  A principio assusta um pouco a questão que á moeda deles é uma das mais valorizadas do mundo. Valendo mais que o Euro e outras moedas. Mas não significa que o custo das coisas seja muito alto.  A cidade é muito tranqüila e tem muitas coisas para ver de dia e uma vida noturna agitada. Vou tentar dar dicas baseado nas minhas experiências que eu tive.

Vistos

Brasileiro não precisa de visto para viajar a Letônia.  Vale as regras do tratado e Shenguen.  Ou seja, tem que ter segurado saúde e também reserva de hospedagem e passagens saídas. Se você vem de algum país que pertence ao tratado de Shenguen você não passa na imigração.


Quando é melhor época para visitar Riga?


O inverno é muito rigoroso então prefiram de Maio e Inicio de Setembro.


Como chegar a Riga?



De avião

Riga é a capital dos Bálcãs que tem acesso mais fácil. O aeroporto é o que tem mais freqüências de vôos dos 3 países. A empresa Air Baltic que tem sede em Riga oferece muitos vôos ligando a principal cidade da Europa.

Como ir a Riga de Ônibus

Eu fui de Ônibus vindo de Vilnus. Mas tem muitas opções e horários de varias partes da Europa.  São varias companhias. E se vocês forem a alta temporada eu aconselho comprar com antecedência as passagens.

De Ferry

Tem opção de Estocolmo para Riga e de Helsinki também.


Trem


Tem opções vindo de Minsk e da Rússia. Para outras cidades são poucas as opções e prefira optar por ônibus mais opções de horário. O trem hoje já tem uma qualidade melhor que alguns anos atrás.

Hospedagem

Riga oferece uma boa variedade de opções e categorias de hospedagem. Faça reserva com antecedência, pois como a cidade não é tão grandes muitas opções podem ficar lotadas.  Eu mesmo fiquei em hostel e muitas pessoas chegavam sem reserva e tinham que ir embora por não tem vaga.  Busque ficar hospedados no centro.  Caso esteja buscando por acomodações em Riga, vale a pena conferir o serviço da trivago, lá você encontra várias opções de hospedagem pelo melhor preço.

Quanto tempo ficar em Riga? E como conhece a cidade?


A parte turística da cidade é bem concentrada. Ficando 2 dias inteiros La é suficiente para conhecer a mesma.  Já quando você chega à cidade um dos destaques é o Duomo que você pode ver de longe. Mesmo se você não segue nenhuma religião entre nele vale à pena conhecer. Outros lugares que eu acho imperdíveis é a Opera, o monumento da liberdade que esta próximo de uma ponte e da opera. Desta ponte da para tirar fotos muito bonitas do canal. O monumento em si achei sem graça.  
Os outros prédios históricos você pode conhecer em um dia caminhando tranquilamente. Use um mapa ou aplicativo para se organizar, mas como é pequeno é muito fácil.  Mas eu aconselho fazer um tour com guia, pois a historia de Riga e muito forte na questão da ocupação dos Russos. E para você entender isto é preciso pegar um guia que leve para conhecer tudo. Explicar sobre cada ponto que tem marcado em diversas partes da cidade assim como visita ao museu da ocupação que é fundamental.  E isto vai dar outra visão para a cidade.
Museu tem muitas opções, mas eu destaco mais o da Ocupação.
sem guia passaria despercebido 

Para quem gosta de passeios de barco tem duas opções. Uma no pequeno canal no centro. È bonito e mais pelo charme. Não vai ver muita coisa, mas é gosto. E outro que eu não fiz então não tenho como dar opinião sobre este outro passeio, mas não me atraiu.
Riga é uma cidade muito verde e gostosa caminhar nos parques, vale à pena e alem de serem ótimos lugares para tirar belas fotos.

Para comer existem muitas opções de restaurantes em Riga.  Busque os que oferecem pratos típicos. O engraçado que até o Mac Donald em Riga tem historia. Pode ser algo para nos estranho, mas quando ele abriu em Riga foi um marco da entrada do capitalismo em um lugar que era dominado pelo comunismo da Rússia. Outra experiência é ir ao Mercado Central. Aproveite para comprar queijos e salames e faça lanche. È muito grande e vem da época do comunismo. Vale à pena conhecer.
 Restaurante comida tipica Letônia 




Qualquer duvida me escrevam

Jonas Schwertner



terça-feira, 5 de novembro de 2013

Vilnius – Lituânia

Dicas Viagem Vilnius – Lituânia

No mochilão que eu fiz em agosto 2013 uma das cidades visitadas foi Vilnius capital da Lituânia. Muitos confundem achando que pertence a Scandinavia, mas na verdade pertence aos Bálcãs. A cidade tem 600.000 habitantes apenas.
Vilnius não é uma cidade muito visitada pelos Brasileiros e o acesso também é um pouco mais restrito.


Como chegar a Vilnius?


Eu optei por ir com vôo. Não tem vôos com empresas baratas para lá. OU seja o jeito é achar promoções. Eu voei vindo de Estocolmo fazendo conexão em Riga com a Air Baltic.  Mas o modo mais comum é ir de ônibus. Neste caso é mais fácil pois tem opções de rotas de diversas partes da Europa. De Trem é bem restrito as opções e horários. Do aeroporto ao centro é próximo. Tem opção taxi, ônibus linha e se vocês caminharem 200 metros podem pegar trem. Eu fui de ônibus mesmo.

Vistos

Brasileiros não precisam de visto. Apenas seguro saúde e reservas de onde vai se hospedar.

Dinheiro e Idioma

Muitos falam inglês e alemão mas maioria fala mesmo russo e claro a língua do país que é o Lituano. A moeda (litas) é preciso trocar euro por elas. Muitos lugares aceitam. Pagar no cartão também é transquilo na maioria dos lugares.  Eu saquei um pouco pois muitos lugares você não pode pagar cartão. Custo das coisas não é alto se comparar a outros países.

Hospedagem

Eu fiquei hospedado em um hostel mais próximo estação de trem e a poucos metros de uma das entradas da cidade velha. Mas tem muitos hotéis e hospedagens de tudo que gosto e  bolso.

Sobre a cidade e o que visitar e quanto tempo?


Vilnius é uma cidade Universitaria, é pequena e fácil de conhecer caminhando. Os atrativos são bem próximos um dos outros.  E dois dias são suficiente para conhecer ela. A gastronomia é nada de exótico. Eles tem alguns detalhes da cultura Bálcãs. Eu gostei a noite de fazer caminhada para ver a iluminação noturna. Vale a pena.

Sobre o que ver:

Um dos principais atrativos é Gediminas que é torre do que um dia foi castelo. Ela fica em cima de um pequeno moro. Tem uma vista bonita. O Palacio do Presidente també achei bonito e fica próximo da parte universitária. O complexo dos prédios da universidade vale a pena visita assim como a Cathedral e alguma igrejas como St Anna e outras. Outro ponto que vale a pena visitar mas tem que ver se no dias em que vocês vão estar é o museu do Genocidio. Que conta um pouco mais da historia do que aconteceu na segunda guerra com a ocupação soviética, depois a invasão dos Alemães e a reocupação soviética.  Tem mais lugares que vale a pena visitar. Eu andei muito. Mas vai do gosto de cada um.

Castelo de Trakai Lituania


Este é um passeio que vale muito a pena fazer. Fica proximo de Vilnius cerca de uma hora de trem ou onibus. E  depois mais uma caminhada ou pegar onibus local e você chega nele.


Se tiverem mais duvidas podem me escrever jonasschwertner@hotmail.com


Jonas Schwertner