Roteiro Europa

NÃO SE STRESSE; MONTO SEU ROTEIRO PARA EUROPA E FAÇO ORÇAMENTOS POR R$:150,00 ESCREVA ME: jonasschwertner@hotmail.com

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Prostituição na Europa


Primeira parte esta postagem é apenas como informação. Não expresso qual minha opinião e também sou contra qualquer pessoa que quiser postar nele o que “acha” ser certo ou errado. Quando viajamos uma das coisas que aprendemos é viver e conhecer as diferenças culturais. Não significa que temos que aceita ou não. Mas simplesmente conhecer e buscar aprender.



Bem este é um tema polemico mas estou escrevendo por que vejo que muitas pessoas procuram meu blog por que de certa forma vincula o nome das cidades e países na frase que digitam no Google e me acham. Bem mas vou falar sobre este tema. Não adianta fechar os olhos por que sabemos que existe. Alem disto é uma profissão muito antiga que atraia “turistas” já desde tempos antigos. Quem já foi para Pompéia por exemplo e fez passeio guiado visitou o Bordel e viu as “placas” de sinalização indicando o próximo. Então vou postar com intuito informativo.

Aonde é permitido a prostituição na Europa?

Na Europa não existe uma lei para todos os países membros sobre o assunto. Apenas 8 a prostituição é legalizada:

Holanda, Alemanha, Áustria, Suíça, Grécia, Turquia, Hungria e Letônia. Mas destes os mais liberais são a Holanda e a Alemanha. Nestes países é legalizado tanto em Bordeis como Profissionais independentes.

A Holanda é famosa principalmente pelas vitrines na Red Line. La você encontra de tudo. Tudo que tipo e gostos. E também aonde eu dou risada quando passo e vejo outros grupos de brasileiros. Como muitos acham que eu não sou Brasileiro enquanto fico quieto teve uma vez que tinha um grupo de 5 ou 6 estudantes Universitários negociando em uma vitrine destas com a mesma. Fiquei pouco tempo ouvindo pois não estava me agüentando mais. E este são do tipo que chegam no Brasil e Falam “a transei com uma....” e tal hahahaha Mas não é apenas homem que procura..


Nos países que citei acima a maioria que trabalham são estrangeiros. Tem visto de trabalho, pagam impostos e tem direitos que vão desde aposentadoria a serviços sociais.

A alguns países em que permite a atividade dede que obedeça a algumas regas mas Bordeis são proibidos e a atividade não é regulamentada. Ou seja a pessoa que opta por este trabalho não tem direito algum e o “consumidor” também não. È o Caso de Portugal, Espanha, Itália, Bélgica...etc. Se o turista for pego em uma casa de prostituição vai preso.

Se você for para Suécia, Islândia e Noruega a atividade é proibida. Se você mesmo assim optar por este tipo de serviço e for pego quem vai preso é você como usuário não a pessoa que esta prestando o serviço. E não adianta dizer que não sabia que é estrangeiros.
 No Leste Europeu quem sofre penalidades é quem oferece o serviço e não quem contrata.
Na Inglaterra, França e Irlanda a leis bem rígidas que inibem a atividade.

Trabalhar e Viajar

Uma pergunta que as vezes recebo por e-mail é se a pessoa esta viajando pela Europa pode “trabalhar” com esta atividade?

Não pode. Você for a Europa vai estar com visto de turismo e mesmo o país sendo permitido você não tem visto de trabalho e poderá ser deportada.

Em todos os países é crime exploração sexual de menores.


Qualquer duvida ou pergunta me escrevam jonasschwertner@hotmail.com  




Nenhum comentário:

Postar um comentário