Roteiro Europa

NÃO SE STRESSE; MONTO SEU ROTEIRO PARA EUROPA E FAÇO ORÇAMENTOS POR R$:150,00 ESCREVA ME: jonasschwertner@hotmail.com

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Mochilão pela Europa – Salzburg – Austria


Mochilão pela Europa – Salzburg – Austria



Partimos pela manha de Ljubjana com destino a Salzburg na Áustria. Fizemos de Trem a viagem e foi tranqüila e a paisagem agora já andando pelos Alpes Austríacos. Chegamos em Salzburg depois do meio dia e ficamos 2 noites na cidade em que Mozart nasceu.
Chegamos no hostel e fomos fazer passeio pela cidade. Andamos pelo centro histórico e subimos até o Castelo que tem a melhor vista da cidade.
Começamos pelo Palácio Mirabell que durante a primavera e o verão vivem repletos de flores. Também é um ótimo lugar para tirar fotos. A família Mirabell é quem produz os famosos chocolates com a marca de Mozart.




 Depois continuamos até a Casa em que Mozar viveu por tempo em Salzburg. A casa é um museu hoje mas nos queríamos continuar para ver o centro histórico e principalmente a Casa em que Mozart nasceu. A parte de baixo tem uma espécie de mini supermercado..

O centro histórico é muito bonito apesar de pequeno. As catedrais são bonitas e vale a pena uma visita ao interior delas. Mas continuamos e subimos caminhando até o Castelo (tem como subir com funicular) mas a vista durante a subida permite fotos muito boas.
A vista que se tem do castelo (paga 7 euros para entrar) e muito boa. Vale a pena visita. Também tem os museus que já esta incluso no valor do ingresso castelo. Depois descemos ficamos comprando survenis.


Para conhecer apenas a cidade de Salzburg apenas um dia basta mas tem muitos lugares que se podem conhecer partindo de Salzburg. Um dos lugares posso indicar é Königsee lago muito bonito que fica a 20 km de La.

Tem uma caverna a Eisriesenwelt que é repleta de estalactites e estalagmites de gelo. È impressionante. Vocês vão gastar um meio dia para ir e conhecer.
Tem mais cidades para visitar próxima. Mas ai depende muito o tempo de cada um. Se quiserem mais dicas me escrevam.



sexta-feira, 22 de junho de 2012

Ljubljana – Eslovênia


Mochilão pela Europa –  Ljubljana Eslovênia


Continuando o mochilão saímos de Zagreb com trem direto para Ljubljana capital da Eslovênia. A paisagem já muda totalmente. E começamos a entrar nos Alpes. A influencia Germânica também fica clara pela arquitetura de muitas casas. A viagem foi rápida um pouco mais de 2 horas.

Ljubljana tem menos de 300.000 habitantes. Conhecida como cidade do Dragão por causa de uma lenda ela apesar de pequena tem muitas coisas para ver.  O centro histórico todo restaurado depois de conseguir a independência da antiga Jugoslávia em 1991. 
Ficamos apenas uma noite e quem tiver oportunidade viaje para La para passar final de semana que é quando a vida noturna acontece. A cidade e repleta de cafés, barzinhos as margens do rio. E uma visão espetacular. Em um dia é suficiente para se conhecer a parte Histórica. E o maior atrativo e melhor vista é do castelo que fica sobre morro.

O custo de vida é mais alto que da Croácia. Mas tem muitas opções. Se tiver no caminho ou tiverem tempo vão para La que vale a pena. 


quinta-feira, 14 de junho de 2012

Dicas Croácia - Relato viagem


 Relato Mochilão pela Europa – Croácia


Quando eu montei o meu roteiro para o Mochilão muitos me perguntaram por que passar 8 noites na Croacia passando por 4 cidadades. Eu falei que vale a pena.

Como estávamos em Montenegro e a ultima cidade em que estivemos foi Kotor ficou fácil. Contratamos o serviço de van do próprio hostel que deixou nos na entrada da cidade velha de Dubrovnick  que foi a primeira cidade da Croacia.

01º Cidade Dubrovnick

Passamos na imigração que foi bem tranqüila nem saímos da van. E seguimos para Dubrovnick. Ficamos hospedados dentro da cidade antiga. A cidade é muito bonita mas uma das mais caras da Croácia devido ao grande numero de Cruzeiros que ali param. A moeda é kunas e vocês tem que prestar atenção com o cambio. Pois as vezes pagam pouco pelos euros e dólares ou você esta pagando muito caro pelas coisas.

Para dar exemplo uma cerveja em um restaurante em Dubrovnick pagamos 30,00 kunas e a mesma cerveja em Zagreb pagamos apenas 13,00 kunas. Mesma marca e tamanho de copo. Bem mas a cidade é muito bonita. Passamos 2 noites e valeu a pena. No primeiro dia andamos sobre as muralhas da cidade. Pagamos 70,00 Kunas mas valeu muito a pena. A vista é muito bonita. Depois claro que exploramos as ruas da cidade.

O segundo dia o tempo não estava dos melhores... mas fomos fazer passeio para ilha de Otok Lokrum. Tem barcos de hora em hora para La e vale a pena passar meio dia La. Tem trilhas e um forte no topo da ilha com uma vista muito bonita.

Na parte da tarde boa parte do grupo subiu com o teleférico já no continente para ter vista da cidade de outro ângulo alguns foram explorar museus e outros apenas circular pela cidade e pelo lado de fora das muralhas... eu circulei pelo lado de fora das muralhas.

 Neste dia também já tinha comprado as passagens para Split que seria nossa próxima cidade na Croácia. È bom comprar as passagens de Bus pelo menos 1 a 2 dias antes para garantir o horário em que você quer ir. Pelo menos quando se vai em grupo.

02º Cidade Split

Bem acordamos cedo e pegamos o ônibus para Split. Foram algumas horas andando em uma rodovia costeando o mar azul e transparente cheio de curvas e a pista não era duplicada. Os ônibus são tranqüilos. O conforte é compatível pela distancia. Foram cerca de 4 horas de viagem e uma das surpresas pois tinha dois caminhos é que passamos por uma pequena região que pertence a Bósnia Herzegovina. O ônibus parou na cidade, tomamos bom café (pois até então apenas café turco sem ser coado) e fizeram algumas compras e tirarmos fotos. Foram dois controles de fronteira que passamos sem ter os passaportes controlados.  Mas seguimos a viagem. Quando chegamos em Split fomos ao Hostel e depois almoçamos e fizemos um pequeno passeio pela cidade. A cidade é bonita também. Tem muita historia mas ela é grande ponto de partida para passeios para algumas ilhas. E nos também fizemos o mesmo.


Passeio pela ilha de Hvar

Compramos já no 01 dia saindo pela manha passagem com o ferry para ilha de Hvar que fica a 2 horas aproximadamente. A viagem é tranqüila e da para aproveitar a viagem e também admirar a “beleza local” e observar os outros turistas. Depois que chegamos na ilha pegamos um ônibus que estava mais que lotado para chegar a cidade. A “cidade” é bem pequena mas muito bonita. Caminhamos por ela, fomos até uma pequena praia (não de areia mas uma espécie de cascalho), algumas corajosas entraram na água e depois fomos almoçar. Tem muitas opções de você contratar um veleiro e dar voltas. Não fiz por que não tinha tempo disponível mas se em uma próxima eu voltar certamente vou fazer. Depois do almoço dos 14 que estavam no grupo apenas 6 toparam em subir o pequeno moro para visitar o castelo da ilha que é o principal atrativo da mesma. A vista de lá é impressionante, alem da própria beleza do castelo.  Bem depois de muitas fotos retornamos e para voltar ao ponto para pegar o ferry conegui negociar com um taxi mesmo valor que pagaríamos de ônibus já o segundo concordou mas depois queria mudar a negociação. Preferimos ficar esperando 30 minutos na fila que pagar mais. A questão não era quanto a mais pagar mas pela falta de palavra do mesmo. E depois ele tentou desesperadamente com outros passageiros levar para o porto mas em vão.  A volta com o Ferry foi tranqüila quase todos dormiram proporcionando fotos incríveis e inesquecíveis..

A noite em Split saímos em busca de algum pub em plena segunda feira. Encontramos alguns turistas perdidos mas nada de mais.

03º Cidade Zadar

Novamente pegamos ônibus com destino desta vez a cidade de Zadar. A ultima cidade a beira mar que ficaríamos na Croácia. Pegamos novamente o ônibus e seguimos até Zadar. A viagem foi tranqüila pegamos uma rota que vou andando pelo litoral ao invés de uma rodovia direta. Mas a paisagem vale a pena. Chegamos na rodoviária de Zadar e logo fomos recepcionados por uma daquelas vendedoras de hotéis, taxi, passeio e tudo mais...até conseguirmos se livrar dela e pegar o Bus para o centro da cidade. Também ficamos hospedados dentro da cidade amuralhada. Para visitar apenas a cidade um dia seria suficiente mas ficamos 2 noites justamente para fazer passeio pelo Parque nacional Plitvice. Este passeio da para fazer a partir de Zagreb também  mas como já estaríamos ai aproveitamos. Em Zadar alem da cidade antiga o que não da para perder é o por do sol e andar no final da tarde pela orla. A noite preparamos no hostel um jantar.


Parque nacional Plitvice


As Cachoeiras de Plitvice era o ponto mais esperado da viagem pela Croácia e realmente fazem jus mesmo pela beleza. E não é a toa que são tombadas pela UNESCO. Pegamos um passeio (tem muitos) pagamos equivalente a 35,00 euros por pessoa para levarem La e trazer de volta. Mais 100,00 kunas pelo ingresso (valor para tarifa de grupo). Estudantes tem desconto e se você for com menos de 12 pessoas paga 110,00 kunas. Mas vale a pena. O parque é muito grande e as fotos parecem cartão postal. Não tem como saírem feias. A estrutura do parque é boa. Apenas não espere muito dos restaurantes que na verdade servem mais lanche. Fomos no meio da semana e em baixa temporada e mesmo assim tinha muitas pessoas...no verão ou seja de julho a agosto deve ser o inferno de tantos turistas.  E no inverno Europeu também não deve ser muito bom ir. Mas se tiverem oportunidade não pensem duas vezes. Vale a pena sim.


 Na volta para o Hostel todos dormiram. E foi nossa despedida de Zadar.

04º Cidade Zagreb capital da Croácia


Zagreb é a maior cidade da Croácia, turisticamente falando não tem muito o que visitar mas é ponto que muitos precisam passar para viajar e circular pela Croácia. De Zadar a Zagreb foi o ultimo trajeto que faríamos de ônibus. Depois pegaríamos apenas trem. Zagreb foi mesma maneira que as outras cidades. No dia em que chegamos fomos direto para o Hostel e depois almoçamos e em seguida fomos fazer um pequena caminhada pelo centro histórico. O dia estava bonito e a previsão para o dia seguinte não era das melhores. Uma parte foi para Shoping fazer compras e outras voltaram para Hostel. Andamos e era feriado religioso no dia. Mas aproveitamos para visitar praticamente tudo. Estava bem tranqüilo por causa do feriado. A cidade não é das mais bonitas mas vale a pena passar um dia todo La.. nos passamos 2 noites ou seja um dia e meio.
A noite aproveitamos para sais mas como toda a Europa começa cedo e termina mais cedo ainda. Mas se puderem ir final de semana aproveitem que tem muitas opções principalmente para quem gosta de pubs. No dia seguinte eu fui comprar as passagens de Trem para o pessoal. E como era previsto começou a chover forte. Zagreb tem muitas opções de museus então algumas pessoas aproveitaram isto e a grande maioria foi para Shopings. Eu e mais 2 pessoas não saímos por causa da chuva tirando que gastei a manha para resolver as questões do dia seguinte. Fomos almoçar e compramos uma carne em um mercado. A mulher que atendia olhou para nos e falou “vocês estão falando português do Brasil. Eu não entendo mas reconheço”. Ela falou que tem muitos brasileiros que vão La a negocios e a trabalho. 



Valeu a pena ter conhecido Zagreb. E valeu mais a pena conhecer a Croácia. Eu recomendo a todos que queiram ir para la. Se alguém tiver duvidas podem em escrever ou me adicionem no facebook. 


e-mail e messenger: jonasschwertner@hotmail.com 


Jonas Schwertner 

quarta-feira, 13 de junho de 2012

Montenegro Hostel Podgorica


Montenegro Hostel Podgorica


Neste ultimo mochilão eu sempre reservo os hosteis para todos juntos. Assim facilita para todos e também por estarmos viajando em grupo é mais fácil. Quando você faz reservas individuais que seja pela net ou pela hihostel é um sistema. Para grupo já muda. Mesmo fazendo pela net eles sabem que tem um grupo vindo. Foi o que aconteceu e é normal neste ultimo mochilão pela Europa.

Nestes casos o Hostel escrevem para mim e exigem para confirmar a reserva que pague de 50% a 100% antecipadamente. As vezes isto é complicado pois nem sempre eles aceitam pagamentos via cartão de credito e mesmo com cartão você paga taxas extras e tudo mais. Fora o IOF que o governo aumenta cada ano. Até ai eu concordo e faz parte.

O que aconteceu no Hostel de Podgorica que é um dos hosteis da rede Montenegrohostel.

Bem reservei 15 lugares que foi a totalidade do hostel. E precisaria na verdade de 16 mas eles falaram que iriam dar um jeito. Recebi e-mail deles confirmando tudo e falando que o hostel todo estaria reservado totalmente para nosso grupo. Os quartos eram diferentes pois inclusive tinha um casal indo na viagem que pagou um pouco a mais para ficar no quarto de casal.

Acontece que ai duas pessoas desistiram ou seja estaríamos em 14. Então enviei um e-mail para ver se teria como ajustar e cancelar estes lugares para não precisar pagar.

Veja a resposta em 23/04/2012

·                                 
·                                 
·                               
·                               
·                               
Para jonas Schwertner
Dear Jonas

Your group is booked whole hostel in Podgorica and we cannot put anyone else of other guests with your group.
The price in Podgorica will be the same, no money refunds because whole hostel is locked exclusively for your group.

Montenegro Hostel in Kotor is much, much bigger and no problems, we didn't lock the whole hostel for your group, just couple of rooms, so everything is fine there.


Então tudo bem. Mas qual foi a surpresa quando chegamos em Podgorica. Eles alteram nossos quartos sem enviar um e-mail comunicando isto e como já estava pago não devolveram nada. Não deram a suíte para casal e nem o quarto triplo. No primeiro dia falaram que estavam em reforma por causa de problemas e dariam no dia seguinte mas no dia seguinte falaram que não seria possível. Escrevi para o hostel pois La apenas um funcionário trabalha que era bem atencioso.

Acontece que a proprietária que fica em outra cidade falou que não iria fazer nada que não era culpa dela pois deu problema no quarto na parte elétrica e que como tinha reduzido neste hostel uma pessoa ela se deu a liberdade de mudar tudo. Ou seja paguei por quartos e não recebi. E colocaram mais camas em outros quartos de nível menor. Achei isto muito ruim.

E devido a isto não recomendo que ninguém se hospede no Hostel da Montenegrohostel de Podgorica.

Fiquei hospedado no hostel desta mesma rede em Kotor e gostei principalmente da localização.

Para quem quiser posso enviar e-mail trocados e tudo mais. Mas não recomendo ficarem neste hostel em Podgorica. Nas outras cidades sim mas tenham precaução se pedirem para pagar antecipado. Não façam em nenhum desta rede.
Quem quiser me escreva jonasschwertner@hotmail.com

Mochilão Pela Europa – A Caminho de Kotor


Saímos de Podgorica com uma van fretada para nos (estamos em 15). O tempo não estava ajudando neste dia. Iríamos começar visitando o monastério mais famoso de Montenegro que é o Monastério de Ostrog.

Este Monastério é o que mais recebe peregrinos em toda Montenegro e olha que tem monastérios La.. Segundo a Igreja Ortodoxa foi comprovado alguns milagres que aconteceram e isto que motiva as pessoas a viajarem para La. A paisagem é muito bonita.  Fica a mais ou menos 01:30 minutos de automóvel de Podgorica ao norte.


Depois seguimos novamente sentido Podgorica passando por um Monastério pequeno apenas para tirar fotos e seguir até Cetinje que já foi a capital de Montenegro.

Cetinje é a cidade imperial de Montenegro. Apesar de ter um pouco mais de 15.000 habitantes é aonde fica a casa do presidente e também o parlamento e muitos prédios públicos do governo. Alem de ter muita historia e muito bonita. Visitamos a casa do presidente, o antigo palácio que agora é museu, o biblioteca nacional... Teria coisas para ver e entrar para um dia todo. Mas como estávamos com pouco tempo fizemos mais um passeio panorâmico mesmo tirando fotos.


Depois fomos a Boka para ver a Baia de Kotor mas devido ao tempo não foi possível. Em Boka subimos até Lovcen no mausoléu. A subida é incrível e mais ainda que nesta estradinha é disputada corrida de automóveis. A vista em Lovcen foi prejudicada pela neblina... teoricamente da para ver a Baia de Kotor e de Budva. Mas mesmo assim valeu a pena subir. Almoçamos La e o pessoal sentiu um pouco do frio.


Depois retomamos a estrada e finalmente o destino mais esperado em Montenegro. Kotor. Antes de chegar já paramos em um mirante para ver a Baia. Foi impressionante. Aproveitamos que estava frio e secamos mais uma garrafa de Jägermeister.

Kotor é simplesmente impressionante. Cidade antiga amuralhada e ficamos hospedados dentro dela. A paisagem não tem o que descrever. Simplesmente incrível. Vale muito a pena ficar La. Muitos cruzeiros param mas eu recomendo ficar pelo menos 2 noites. A cidade é um pouco mais cara que as demais de Montenegro mas mesmo assim é bem mais barato que no Brasil.